Banner topo – Armazém do povo BAnner Governo do Estado Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

Governo envia projeto com as diretrizes orçamentárias à Alepi; veja pontos prioritários

em 30 de abril de 2021

O Governo do Estado envia o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2022 à Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (ALEPI) nesta sexta-feira (30). Neste ano, o anexo de prioridades e metas dos órgãos estaduais foi elaborado por meio da metodologia de gestão por resultados, com destaque “para o acompanhamento intensivo de cinco setoriais piloto: Saúde, Educação, Segurança Pública, Assistência Social e Agricultura Familiar”.

A secretária de Estado do Planejamento, Rejane Tavares, ressalta que o estabelecimento das metas para o ano de 2022 levou em consideração o momento de excepcionalidade da pandemia da Covid-19.

“A ordem de priorização na definição leva em conta: entregas prioritárias constantes na carteira de projetos e agendas territoriais; entregas referentes a convênios firmados e operações de crédito contratadas ou previstas para o próximo exercício fiscal; e entregas previstas no PPA para o ano de 2022, especialmente produtos constantes no PRO Piauí”, acrescenta a gestora.

Saúde

  • Construção de Centros de reabilitação
  • Habilitação de Leitos hospitalares de média e alta complexidade
  • Aquisição de Veículos e unidades móveis de saúde
  • Implantação de Central regional de regulação assistencial

Educação

  • Aquisição de 90.000 kits de material didático para o Projeto de alfabetização na idade certa
  • Aquisição de 600 kits tecnológicos para Expansão e fortalecimento da mediação tecnológica
  • Reforma de 69 escolas de educação de tempo integral
  • Reforma de 230 unidades para melhoria da educação básica

Segurança

  • Reaparelhamento e Modernização das Unidades de Segurança Pública
  • Aquisição, Construção, Reforma e Ampliação de Unidades de Segurança Pública
  • Implantação do Centro integrado de comando e controle do Sistema de Televigilância

Orçamento Anual 

O Poder Executivo Estadual esclarece que a LDO “orienta a elaboração e a estruturação do Orçamento Anual, que vai desde a listagem dos anexos obrigatórios, os procedimentos para abertura de crédito adicional, limite para suplementações, criação de novas fontes, emendas impositivas e modificativas ao projeto de lei orçamentária, até as autorizações para alteração na legislação tributária, uso da reserva de contingências, entre outras”.


Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.