Banner Topo -Virtex Telecom Banner Estado – Carnaval Banner topo – Armazém do povo

Campanha reforça prevenção das ISTs durante o Carnaval em vários municípios do Piauí

em 12 de fevereiro de 2024

Foto: Ascom

A Secretaria da Saúde (Sesapi, por meio da Coordenação de Doenças Transmissíveis, promove ações para prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) em diversas cidades neste Carnaval. No norte do Piauí, as equipes estiveram, na sexta-feira (9), em Cajueiro da Praia, e nosábado (10) e neste domingo (11), no município de Luís Correia, litoral do estado, região que recebe um grande fluxo de pessoas neste período.

“A Sesapi está com ações em parceria com os municípios, ofertando um trabalho integrado para aumentar os cuidados da população neste período de festas de Carnaval ”, lembra a superintendente de Atenção à Saúde e Municípios da Sesapi, Leila Santos.

De acordo com a coordenadora de ISTs da Sesapi, Karina Amorim, os cuidados com a saúde e prevenção a essas infecções são importantes durante o ano inteiro, porém, o reforço no período carnavalesco tem como intuito alertar a população para esses cuidados.

“O objetivo é conscientizar e levar ações de prevenção à população para aproveitar o Carnaval sem esquecer que se prevenir é fundamental, não só neste período, como no ano todo”, explica a gestora.

Além dos municípios do litoral, as equipes da Sesapi estarão nas cidades de Barras, Água Branca, Valença e Bocaina, realizando teste para hepatite e sífilis, além da disponibilização gratuita de preservativos interno e externo e do gel lubrificante.

“Nestes dias estamos realizando testes rápidos para a sífilis, HIV e as hepatites B e C. Em caso de resultado positivo, os profissionais de saúde irão fazer os encaminhamentos, seja para a confirmação do resultado seja para o início do tratamento”, lembra Karina Amorim.

Além da camisinha, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta a profilaxia pré-exposição (Prep), a profilaxia pós-exposição (Pep) para o gerenciamento de risco e cuidado personalizado de acordo com o estilo de vida e comportamento de cada usuário. Algumas ISTs também possuem vacinas disponíveis pelo SUS, como hepatites virais B e HPV (papiloma vírus humano).

Fonte: Cidade Verde