Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Armazém do povo Banner Estado do Piaui

Em Brasília, governador se reuniu com ministros para tratar de investimentos no Piauí

em 04 de abril de 2024

Foto: Divulgação

O governador Rafael Fonteles cumpre agenda em Brasília (DF) nesta quarta-feira (3). Ao longo da manhã, o gestor se reuniu com o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes; com o ministro das Comunicações, Juscelino Filho; e com os ministros da Fazenda e Casa Civil, Fernando Haddad e Rui Costa.

Inicialmente, em encontro com o ministro Waldez Góes, o governador discutiu projetos com a participação do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional. “Vários projetos do Piauí passam por aqui, especialmente na área de infraestrutura hídrica, como os perímetros irrigados e a hidrovia do Parnaíba. Tratamos desses temas, em que todos têm avançado bem”, disse o governador em suas redes sociais.

O ministro Waldez Góes destacou o compromisso da sua pasta e do presidente Lula com todo o Brasil. “A recomendação do presidente é que tratemos das prioridades de cada estado de forma intensa. A hidrovia do Parnaíba é uma delas. Algumas demandas perpassam por outros ministérios também, então, a governança e esse diálogo são fundamentais. O Piauí pode contar conosco”, destacou o ministro.

Em seguida, o governador participou de reunião do Consórcio Nordeste com os ministros Rui Costa e Fernando Haddad – Casa Civil e Fazenda, respectivamente ­– para tratar de medidas fiscais que incentivam investimentos no setor público. “Tratamos sobre a situação fiscal dos estados do Nordeste, propondo medidas que irão ajudar a aumentar os investimentos e a situação fiscal dos nossos estados, melhorando portanto a prestação de serviços públicos para a população em todas as áreas, como infraestrutura, educação e na saúde”, explicou o chefe do Executivo.

Ainda hoje, Rafael Fonteles irá se reunir com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, com o diretor-presidente da Agência Nacional de Energia Elétrica (ENEEL), Sandoval Feitosa, e com o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa.

Fonte: Cidade Verde