Banner topo – Armazém do povo BAnner Governo do Estado Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros
Rede Brasil

Alta ocupação de leitos clínicos alerta para risco de falta de oxigênio no Piauí

em 23 de fevereiro de 2021

O infectologista José Noronha Vieira, diretor do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela e membro técnico do Comitê de Operações Emergenciais (COE), alerta que a população deve cumprir rigorosamente as medidas de isolamento social para que não falte oxigênio de cilindro. Em entrevista ao Jornal Cidade Verde, ele destacou que a preocupação existe devido a alta taxa de ocupação de leitos clínicos.

“Temos uma empresa que é responsável por boa parte do fornecimento de gases medicinais para todo o Brasil. O Piauí já entrou em contato com a empresa que garante que tem capacidade de até triplicar a oferta. Mas para nós é preocupante porque leitos de UTI, normalmente, têm redes de gases, trabalham com tanques de oxigênio, tanques de niutrogênio líquido. Isso é mais fácil de ter uma periodicidade de troca a cada três ou quatro dias”, explica Noronha.

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

Por outro lado, o infectologista  esclarece que “leitos de enfermaria não têm rede de gases, o paciente é dependente de cilindros de oxigênio, a depender do tamanho, você precisa trocar de quatro a sete vezes por dia por paciente e isso é preocupante. A gente tem que se organizar. Se a população não obedecer essas medidas e nós aumentarmos essa taxa de ocupação é um cenário possível”, completa o infectologista.


Via Cidade Verde

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados *

*