Banner Topo -Virtex Telecom Banner Estado – Cuidados com a dengue Banner topo – Armazém do povo

Jovem que matou pai e mãe é suspeito de matar companheiro de cela em penitenciária na cidade de Bom Jesus

em 01 de fevereiro de 2024

Foto: PM-PI

Um detento foi assassinado dentro da penitenciária Dom Abel Alonso Nuñez, no município de Bom Jesus, na noite de quarta-feira (31). O suspeito pelo crime é Vitor Gabriel de Paula Nunes, de 22 anos, que foi preso por matar a mãe, e que responde também pelo assassinato do pai.

Uma discussão entre Vitor Gabriel e o companheiro de cela Misael Ferreira teria culminado em uma briga, onde o suspeito teria estrangulado a vítima.

A Secretaria de Justiça informou que “a equipe de policiais penais da unidade acionou o Samu que prestou os primeiros socorros à vítima, que ainda encontrava-se com vida, porém não resistiu. Foi dada voz de prisão ao suspeito que foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais”.

Vitor Gabriel foi preso no dia 25 de janeiro no município de Corrente, a 843 km de Teresina, pelo assassinato da mãe Benedita Silva Nunes, de 49 anos. Segundo a Polícia Militar, Vitor Gabriel atacou a mãe Benedita com requintes de crueldade, onde teria usado uma barra de ferro ou pedaço de madeira, além de golpes de faca.

Na ocasião, a PM informou que a vítima tinha um relacionamento conturbado com o filho, pois vizinhos relataram que o autor é usuário de drogas e que sua mãe tentava tirá-lo do vício, mas era ameaçada constantemente pelo filho.

Além da morte da mãe, ele já tinha sido preso em 2019 por matar a facadas o pai na cidade de Ceilândia, no Distrito Federal. Na ocasião ele tinha 18 anos e uma discussão por maconha teria culminado no assassinato.

Veja a nota da Sejus:

A Diretoria de Unidade de Administração Penitenciária (Duap) da Secretaria da Justiça informa que o interno de iniciais M.F. foi morto, nessa quarta-feira (31), em uma das celas da Penitenciária Dom Abel Alonso Nuñez, em Bom Jesus. A equipe de policiais penais da unidade acionou o SAMU que prestou os primeiros socorros à vítima, que  ainda encontrava-se com vida, porém não resistiu. Foi dada voz de prisão ao suspeito de iniciais V.G.N.D.P que foi levado para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.

Fonte: Cidade Verde