Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner topo – Armazém do povo
Rede Brasil

Quase 95% dos aposentados e pensionistas não fizeram prova de vida no IPMT

em 19 de setembro de 2019

Quase 95% dos aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência do Município (IPMT) ainda não se apresentaram para a prova de vida. O processo é presencial, anual, requer agendamento e quem não realizar a atualização cadastral dentro do prazo terá o contracheque bloqueado.

A prova de vida serve para evitar o pagamento à pessoas que já faleceram. Em Teresina, 5.279 beneficários são obrigados a atualizar os dados, sendo que 1.083 são pensionistas, 4.310 aposentados e 114 aposentados e pensionistas e têm direito aos dois benefícios. Do total, no momento, apenas 259 compareceram à sede do instituto.

“Para fazer o processo, você pode ligar o IPMT [3221- 4775 e 3215-7570] ou acessar o site ipmt.teresina.pi.gov.br e fazer o agendamento. O atendimento será de 8h às 13h. Disponibilizamos salas refrigeradas com três atendentes e em torno de 10 minutos o beneficiário faz seu cadastro”, explica Luís Henrique Mendes, coordenador financeiro da assistência e saúde do IPMT.

Para a prova de vida, o beneficiário deverá levar qualquer documento com foto.

“Os que estão em Teresina e não podem ir ao IPMT deve ir um representante munido de um atestado médico que ateste que o beneficiário não pode ir. Aí será direcionado à assistência social que irá à casa do aposentado ou pensionista. Os que se encontram fora de Teresina devem ir a um cartório providenciar um documento chamado prova de vida e enviar pelos Correios juntamente com uma foto datada”, explica Mendes.

O agendamento da “prova de vida” teve início em agosto. Já o atendimento em 02 de setembro e segue até o dia 20 de dezembro.

“Quem não comparecer no prazo, no mês subsequente será feito o bloqueio”, alerta Luís Henrique Mendes.

FONTE: Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.