Banner topo – Armazém do povo Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros
Rede Brasil

Jornalista é preso suspeito de participar de 30 assaltos em Teresina

Na ação, foi preso o jornalista e um comparsa. Segundo o delegado, a modalidade dos assaltos do grupo era a mesma: eles recrutavam presos de dentro da Colônia Agrícola Major César para realizar os crimes.

em 06 de junho de 2019

Na manhã desta quinta-feira (06/06), policiais do 7º distrito sob o comando do delegado Menandro Pedro realizaram a prisão de uma dupla suspeita de realizar pelo menos 30 assaltos durante o período de um mês em Teresina.

Na ação, foi preso o jornalista Bernardo Fortes de Carvalho Neto e Anderson de Sousa Oliveira. Segundo o delegado, a modalidade dos assaltos do grupo era a mesma: eles recrutavam presos de dentro da Colônia Agrícola Major César para realizar os crimes.

“Em todos os 30 assaltos eles utilizaram o mesmo veículo, um Corsa de placa ODY 1010. O último assalto que fizeram foi em uma residência onde levaram televisão, motocicleta, celular. Em todos eles, eles pegavam presos de dentro da Major César para a prática dos atos.

Em depoimento para o delegado, o jornalista Bernardo Fortes afirmou que era coagido a participar dos crimes. “Em todos esses assaltos eu fui coagido, eu não sou do crime, eu sou dependente químico, sou viciado em drogas, peguei a droga fiado e os caras disseram que eu tinha que pagar com a minha vida”, disse ele acrescentando que nos assaltos ele era apenas o motorista do veículo.

Bernardo declarou que na região do bairro Promorar foram realizados cerca de cinco assaltos, em um deles, dois criminosos desceram do veículo e ele ficou na direção. A vítima reagiu tomando a arma dos bandidos que empreenderam fuga junto com o jornalista. Na região do grande Dirceu foram realizados dois assaltos e na zona Leste mais de três.

O outro preso, identificado como Anderson de Sousa Oliveira era o responsável por conseguir as armas. Com ele a polícia encontrou uma escopeta. Em um áudio, que a polícia afirmou ser de Anderson, ele relata que quer matar policiais. “Ei parceiro, bora começar a matar logo uns policiais encapuzados, demorou né não?”.

Após as prisões, Menandro Pedro declarou que a polícia vai realizar diligências para recuperar os objetos roubados.

Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Fonte: Meio Norte

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.