Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Governo do Estado Banner topo – Armazém do povo Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros
Rede Brasil

Postos de Teresina são interditados com suspeita de adulteração de combustíveis

em 18 de dezembro de 2019

Dois postos localizados nas zonas Norte e Leste de Teresina foram interditados nesta quarta-feira (18) após operação de fiscalização realizada pelo Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor), em parceria com a Agência Nacional de Petróleo (ANP) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Denominada de “Tira Teima: Combustível Legal” a operação fiscalizou 14 postos da capital alvos de reclamações por parte dos consumidores.

“Escolhemos os postos com maior número de reclamações, principalmente relacionadas à qualidade do combustível. Casos em que motoristas relataram que abasteceram e após 500 metros o veículo deu defeito”, explicou o chefe da fiscalização do Procon, Arimatéa Arêa Leão.

Foram identificadas irregularidades em quatro postos e dois deles foram interditados, um na zona Norte de Teresina e outro na zona Leste, com suspeitas de adulteração de combustíveis.

O trabalho de fiscalização começou nessa segunda-feira (16). Técnicos da ANP coletaram amostras de combustíveis que assinalaram, em análise preliminar, irregularidades quantos às normas legais. “Esse material foi coletado e será encaminhado para laboratório, para análise, afirmou Arimatéia.

Além dos combustíveis, os fiscais vistoriaram também os produtos vendidos nas lojas de conveniências desses estabelecimentos. Em alguns postos, foram encontrados produtos fora do prazo de validade sendo comercializados,  que foram retirados das prateleiras pelos fiscais do Procon, incluindo bebidas, como refrigerantes.

No final da manhã de hoje, os fiscais devem divulgar um balanço dos trabalhos realizados.

O último posto a ser visitado, na manhã desta quarta-feira (18), fica próximo ao estádio Albertão, na zona Sul Teresina.

Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.