Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Armazém do povo Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner topo – Governo do Estado
Rede Brasil

Pela primeira vez, Teresina tem queda no número de infectados pelo coronavírus

em 08 de julho de 2020

Teste para Covid-19 — Foto: Divulgação/Secom

Teste para Covid-19 — Foto: Divulgação/Secom

Teresina apresentou, pela primeira vez, uma queda no total de infectados pelo coronavírus, de acordo com a 12ª etapa da pesquisa sorológica realizada pela prefeitura da capital e divulgada nesta quarta-feira (8) pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). Segundo a pesquisa, em Teresina foram registrados 156 mil infectados, uma queda de 6% em relação à semana anterior.

De acordo com a pesquisa, o número de infectados caiu de mais de 167 mil para 156 mil. Os números são de pesquisas que foram realizadas com testagem em massa para coronavírus (mais de 900 pessoas), nos dois últimos finais de semana.

Segundo o prefeito de Teresina, os dados indicam que Teresina já passou pelo pico da doença, mas a situação ainda não é confortável. Ele destacou que está mantido o fechamento do comércio durante os finais de semana de julho e adiou o retorno do comércio, previsto para o próximo dia 13, apenas para o dia 20.

O prefeito disse que a medida está sendo tomada porque, além ainda do grande número de óbitos na capital, muitas pessoas estão desrespeitando os decretos de distanciamento social e o comércio funcionando clandestinamente no Centro de Teresina nos últimos dias.

“Pela primeira vez, vemos uma tendência que não é de crescimento, mas de queda. Isso mostra que já passamos pelo platô [estagnação] no número de infectados e estamos vendo uma redução. Isso é uma evidência de que o pico foi atingido entre dia 21 de junho e 3 de julho. Mas não podemos relaxar, não podemos ser irresponsáveis. Estamos fazendo um pacto para uma retomada gradual e segura, mas se não for cumprido, o poder público, de forma responsável, pode retroceder, não temos problema com isso. Se for para preservar a vida, fazemos qualquer coisa”, disse o prefeito.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas. Aulas em escolas e universidades, a maioria das atividades comerciais, esportivas e de serviços em geral estão suspensas por tempo indeterminado.

Serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados continuam mantidos mas estão regulamentados. O atendimento em clínicas, hospitais e laboratórios, assim como o funcionamento de escritórios de advocacia e contábeis também foram liberados mediante cumprimento de regras.

O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Prevenção, contágio e sintomas

Lavar as mãos de forma correta, uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.

Via G1 PI

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.