BAnner Governo do Estado Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Armazém do povo
Rede Brasil

Nutricionista cria sorvete dos frutos do mandacaru e xique-xique no Piauí

em 23 de setembro de 2020

Fruto do xique-xique — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

Uma ideia diferente de sorvete virou pesquisa do mestrado para a nutricionista piauiense Ana Cibele Pereira, que criou uma variação da sobremesa com os frutos do mandacaru e xique-xique, plantas típicas do sertão nordestino.

Neste Dia do Sorvete, a pesquisadora contou ao G1 que a ideia evita o desperdício das frutas, é uma alternativa de renda para famílias do Sertão nordestino e pode amenizar o calor que chega intenso no Piauí no B-R-O bró (expressão referente à sílaba dos meses do ano mais quentes no estado).

De acordo com Ana Cibele, que é nutricionista e pesquisadora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), a ideia surgiu no mestrado. Ela explicou que viu na pesquisa uma forma de usar os frutos sem perder os nutrientes. Além disso, os sabores são atrativos, segundo ela.

Pesquisadora piauiense desenvolve sorvete de xique-xique — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

Pesquisadora piauiense desenvolve sorvete de xique-xique — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

“São frutas bastante desperdiçadas na nossa região e sem tanto aproveitamento. O sorvete tem um sabor leve e a textura também é um pouco diferente e, por isso, é um pouco difícil fazer a comparação com outras frutas conhecidas, mas se fosse para comparar, diria que o mandacaru tem um sabor doce e leve que lembra o do melão e o xique-xique parece com o da pitaya“, explicou.

Ainda de acordo com a pesquisadora, foram elaborados cinco sabores e para adquirir a textura de sorvete foram adicionados ingredientes como o leite, emulsificante, liga neutra, creme de leite e açúcar em pequena quantidade, além do mandacaru e do xique-xique.

“Teve alguns que foram misturados mandacaru e xique-xique e outros era somente as frutas sozinhas sem nenhuma mistura. O que diferencia é a proporção de cada fruto que foi usada e por isso as colorações são diferentes”, continuou.

Nutrientes encontrados nos sorvetes

Pesquisadora piauiense desenvolve sorvete com o fruto do mandacaru — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

Pesquisadora piauiense desenvolve sorvete com o fruto do mandacaru — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

Para fazer o sorvete, a pesquisadora encontrou um tipo específico de mandacaru, o Cereus jamacaru DC e do xique-xique, Pilosocereus gounellei (F.A.C. Weber). Segundo a pesquisadora, os sorvetes são ricos em Vitamina C, fósforo, potássio, magnésio e zinco.

“Muitas vezes esses cactos se encontram nas roças e quintais de famílias e acabam sendo desperdiçados. Poderia ser uma nova fonte de renda utilizar essa safra para impactar no orçamento financeiro dessas pessoas”, conta a nutricionista.

Custo para a produção dos sorvetes

Pesquisadora piauiense desenvolve sorvete de mandacaru e xique-xique — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

Pesquisadora piauiense desenvolve sorvete de mandacaru e xique-xique — Foto: Arquivo Pessoal Ana Cibele

Para a produção dos sorvetes, Ana Cibele informou que gastou aproximadamente R$ 15. Utilizando meio quilo da fruta, é possível produzir até dois litros da sobremesa, um custo que a pesquisadora considera baixo.

“Esse custo inclui os produtos que podem ser utilizados depois, porque o quilo do açúcar pode ser usado outras vezes, o emulsificante e liga neutra também podem ser reutilizados. Os cuidados com essas frutas seriam somente a higienização, que você deve ter com qualquer outra fruta, como lavar com hipoclorito de sódio por 15 minutos”, declarou.

A pesquisa de Ana Cibele já foi concluída e aguarda uma publicação em uma revista científica.


Via G1 PI

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.