Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Armazém do povo Banner Governo do Estado
Rede Brasil

Ministério Público determina suspensão de “Leilões” na Comarca de Padre Marcos

Em época de campanha em muitos municípios alguns pré-candidatos acabavam entrando no jogo do “quem dá mais”, onde aquele que arrematar o produto leiloado mais caro, é uma forma de mostrar-se mais "forte" diante do seu adversário

em 26 de maio de 2016

  É de costume a prática de leilões nos interiores dos municípios piauienses e com a chegada do período de campanha eleitoral a prática se intensifica. Os leilões funcionam da seguinte forma, a dona de casa em uma determinada localidade, organiza um evento e convida amigos, parentes e localidades pela vizinhança e acaba convidando também grupos políticos adversários que militam naquele município e no evento vende-se bebidas e é preparado “galinhas cheias”, “assados” “roscas” e “padilós” que o leiloeiro sai oferecendo “a quem dar mais”.

Em época de campanha em muitos municípios alguns pré-candidatos acabavam entrando no jogo do “quem dá mais”, onde aquele que arrematar o produto leiloado mais caro, é uma forma de mostrar-se mais “forte” diante do seu adversário, vence quem tiver o maior poder econômico, essa prática é considerada por muitos como abusiva, pois em ambientes onde haviam competições os preços dos produtos chegam a ser exorbitantes.

O Ministério Público da Comarca de Padre Marcos denunciou que em uma determinada localidade o preço de uma galinha leiloada chegou a ser arrematada por R$ 600. Diante disso, a promotora Karine Araruna Xavier da 68ª eleitoral que engloba os municípios de Padre Marcos, Vila Nova, Marcolândia, Francisco Macedo e Belém do Piaui proibiu a prática.

Veja o comunicado na íntegra:
97b62880-f0c8-4151-ad8b-1aa1c32e7cf0

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.