Banner topo – Armazém do povo Banner Topo -Virtex Telecom Banner Governo do Estado
Rede Brasil

Ao deixar presidência do Consórcio Nordeste, Wellington Dias repudia exclusão de 57 mil famílias do Auxílio Brasil

em 01 de dezembro de 2021

O governador Wellington Dias (PT) criticou a exclusão de beneficiários do Bolsa Família para o novo programa assistencial do Governo Federal, o Auxílio Brasil. Em vídeo divulgado nesta terça-feira (30), o petista classificou o novo modelo como “excludente”. “Se deixa de fora pessoas e famílias que têm baixa renda comprovadamente”, disse.

Ontem (29) a câmara temática de assistência social do Consórcio Nordeste divulgou nota expressando “preocupação” e “indignação” com a redução do número de pessoas contempladas pelo novo benefício federal em relação ao programa antecessor.

“No caso específico são 148 mil famílias no Brasil, destas, aproximadamente um terço, entre 57 e 58 mil, são da região Nordeste. Por essa razão, pelo Consórcio, vamos seguir juntos com a Defensoria Pública nacional e dos estados, com nossos procuradores, buscando junto ao Governo Federal contemplar as pessoas que ficaram de fora”, pontuou Dias.

A fala aconteceu no mesmo dia que o piauiense deixou a presidência do Consórcio Nordeste, que reúne governadores e gestores públicos estaduais da região. Durante Assembléia Geral, os membros do grupo escolheram o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, como novo líder da entidade. Na troca de comando, Wellington Dias destacou sua colaboração à frente da agremiação.

“Pelo Consórcio Nordeste foi possível uma integração com consórcios de outras regiões, como a Amazônia e Centro-oeste. Consolidamos a nossa sede na capital federal e fortalecemos ações para a saúde, principalmente com o desafio da Covid-19. Felizmente, muitas ações colocaram o Nordeste num nível menor de casos e óbitos”, afirmou o governador piauiense.


Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.