Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Governo do Estado – Mãos higienizadas Banner topo – governo do Estado – Economia com responsabilidade Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner topo – governo do Estado – Máscaras Banner topo – Armazém do povo
Rede Brasil

Seduc estuda a possibilidade de não retomar aulas presenciais em 2020 no Estado

em 14 de setembro de 2020

As aulas presenciais podem não ser mais retomadas na rede estadual de ensino em 2020. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) estuda a possibilidade de concluir o ano letivo apenas com aulas remotas, sistema que já vem sendo adotado durante o período de pandemia da Covid-19.

Além do risco de contaminação, por conta da proximidade dos alunos nas aulas presenciais, a Secretaria também analisa o prazo que seria necessário para adaptar as escolas para receberem atividades presenciais. De acordo com o superintendente de Educação Básica, Carlos Alberto Pereira, em alguns casos, esse prazo poderia chegar à 60 dias.

“Estamos em setembro. Quando for autorizado a retornar, precisamos de um tempo para adquirir todos os materiais necessários. Para instalar um protocolo é no mínimo 60 dias, porque ainda precisamos fazer licitações. Vamos voltar em Dezembro? Nesse caso, é melhor continuar remoto, concluir o ano, e trabalharmos para voltar presencialmente no ano que vem”, disse o superintendente ao Cidadeverde.com, ao ressaltar que a decisão ainda não foi tomada. “Estamos construindo todos os cenários e possibilidades”, reforçou.

A possibilidade da volta das aulas presenciais contribuir com uma possível segunda onda de casos da Covid-19 também é avaliada pela Seduc.

“Embora na escola a gente tenha toda a segurança, com os protocolos que serão instalados, a gente não sabe o que vai acontecer da saída de casa até à escola. É melhor a gente investir nas condições remotas, para dar condições para os alunos tenham capacidade de assistir as aulas, do que a gente submeter os alunos a uma situação que pode resultar em internações e levar problema para as famílias. Estamos avaliando tudo isso”, avalia o superintendente de Educação Básica.

Pelo cronograma apresentado pelo governo do Piauí, a volta das atividades presenciais nas escolas deveria ocorrer a partir do dia 22 de setembro, porém a decisão final está a cargo do Comitê de Operações Emergenciais (COE), que ainda não apresentou uma data definitiva.

Recentemente, a Secretaria de Educação, após reunião com entidades e representantes de pais e alunos, chegou a apresentar uma proposta para que os alunos do 3º ano do Ensino Médio fossem os primeiros a retornar às salas de aula, para evitar prejuízos na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio. A proposta também foi encaminhada ao COE, mas até o momento também não foi oficializada.

De acordo com o superintendente de Educação Básica, Carlos Alberto Pereira, a decisão final sobre a retomada ou não das aulas presenciais na rede estadual de ensino deve ser apresentada até a próxima quarta-feira. “Nos próximos dias, o secretário deve apresentar à sociedade a decisão final”, garantiu.

As aulas presenciais na rede estadual de ensino estão suspensas desde o dia 16 de março, início do pandemia da Covid-19.

Via Cidade Verde

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados *

*