Banner topo – Armazém do povo Banner Governo do Estado Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

PIO IX | Estudante de 21 anos é aprovado no Exame da OAB e será um dos advogados mais jovens do Piauí

em 15 de setembro de 2021

Cursando o último período de Direito pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, o jovem Gallileu José Ribeiro Santos, de apenas 21 anos, conquistou a tão sonhada aprovação no XXXII Exame da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB.

Além da idade, o universitário se destacou em seu feito por ainda estar finalizando o curso e alcançar a aprovação no exame considerado por muitos juristas e experts da área como um dos mais difíceis já realizados, cujo índice de reprovação atingiu 73,27% entre os mais de 200 mil examinados na realização da prova. O resultado revelou que o alto nível da prova não foi obstáculo para o estudante, que após se submeter a uma primeira fase rígida e eivada por controvérsias, prestou a segunda fase do exame em Direito Civil, obtendo nota superior ao mínimo necessário para aprovação.

Jovem Gallileu José Ribeiro Santos, de apenas 21 anos.

Com uma trajetória marcada por dedicação, Gallileu, o filho de Maria da Conceição Ribeiro e Josimar de Sousa Santos, mostrou, desde cedo, sua disciplina e interesse pelos estudos. Ainda na infância, se refugiava na leitura e chegava a ler aproximadamente 60 livro por ano. Egresso de escola pública, onde sempre estudou, o jovem prestou o ENEM em 2016 e ingressou no curso de Direito com apenas 17 anos, contando sempre com o incentivo da mãe.

Conquistando a tão sonhada aprovação na OAB ainda na sua primeira tentativa e antes de concluir o curso superior, Gallileu reconhece que faz parte de uma exceção:

“Embora eu conceba que a realização dos nossos sonhos seja fruto das batalhas que travamos, sinto que é importante reconhecer que as oportunidades não são equânimes e igualitárias para todos. A minha jornada se vê marcada por luta e resistência, mas sei que ainda faço parte de uma exceção. Social e historicamente, boa parte dos jovens do país não consegue ingressar em uma faculdade, tampouco concluí-la. Manter-se no curso de Direito em uma universidade pública e, mais que isso, conseguir precocemente a aprovação no exame da Ordem, é, de fato, uma excepcionalidade”, destacou o acadêmico.

Gallileu confessa que sua trajetória fora assinalada por diversas dificuldades, mas destaca sua força na fé e no apoio crucial de sua mãe.

Atualmente residindo em Natal, capital do Rio Grande do Norte, Gallileu confessa que sua trajetória fora assinalada por diversas dificuldades, mas destaca sua força na fé e no apoio crucial de sua mãe, Conceição Ribeiro, ex-lavradoura e atual comerciante na cidade de Pio IX, no Piauí:

O apoio crucial de sua mãe foi determinante, Conceição Ribeiro, ex-lavradoura e atual comerciante na cidade de Pio IX.

“Além de dificuldades financeiras, encarei outros diversos desafios para chegar até aqui, como a repentina mudança de cidade em virtude da faculdade e como a ausência da figura paterna ao longo da minha trajetória. Todavia, sempre tive muita fé em Deus e, nos dias difíceis, encontrei nele as forças necessárias para avançar e não sucumbir. Felizmente, minha mãe, que segue sendo minha principal inspiração, me encorajou incessantemente a seguir por esse caminho e nunca deixou passar despercebido o poder que a educação possui na vida de um indivíduo. Devo essa conquista a ela”, afirmou.

            Alunos mais novo da sua classe, o jovem jurista também é destaque em sua Universidade como um dos mais dedicados da turma. Gallileu é também líder do conselho de turma e mantém um Índice de Rendimento Acadêmico superior a 9,2.

Com o feito histórico refletido na sua prematura aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil, o prodígio Galileu tornou-se o advogado mais jovem de todo o município de PIO IX, cidade da qual é natural; e um dos mais jovens de todo o estado do Piauí. Gallileu garante que esse ainda é só o começo.

“Não tenciono estagnar aqui. Há mais para se desbravar. Aspiro lograr em breve um mestrado e, posteriormente, um doutorado. Nesse ínterim, seguirei estudando e me dedicando veementemente às ciências jurídicas”, assegurou Gallileu.

1 Comentário

  1. jdeusarrais0@gmail.com disse:

    Que bom pra ele,que todo o esforço fala a pena

Os comentários estão encerrados para esta matéria.