Banner topo – Estado Piauí Banner ZapNet – Topo Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros
Rede Brasil

Governador vai ao Canadá para conhecer sistema carcerário e ações de ressocialização

Wellington Dias viajará até a América do Norte para ver de perto como os canadenses trabalham a ressocialização de presos e dependentes químicos. O Canadá estaria disposto a ajudar o Brasil e o Piauí a solucionar problemas relacionados ao sistema prisional.

em 04 de julho de 2017

O governador Wellington Dias (PT) se ausentará do país entre 14 e 25 de julho, para conhecer o sistema carcerário do Canadá. O pedido de autorização para que o gestor faça a viagem internacional foi lido na Assembleia Legislativa do Piauí nesta segunda-feira (3).

Wellington Dias viajará até a América do Norte para ver de perto como os canadenses trabalham a ressocialização de presos e dependentes químicos. O Canadá estaria disposto a ajudar o Brasil e o Piauí a solucionar problemas relacionados ao sistema prisional.

No mês passado, o governador se reuniu com a senadora Regina Sousa (PT-PI) para tratar da viagem. A parlamentar deve acompanhar Dias, representando o Senado Federal.

“Quando tem violência, quando há crime, a primeira coisa que a gente pensa é aplicar a lei, onde o caso mais aplicado é a pena de prisão. Mas o que fazer com o preso e a prisioneira que está ali privado de liberdade? É o período em que podemos botar para trabalhar, estudar  para refazer a vida, através da cultura, do esporte, da religião. Garantir que o preso possa sair do sistema, alguém melhor do que entrou”, disse o governador, após o encontro com Regina Sousa.

Em entrevista para a Rádio Cidade Verde nesta segunda-feira (3), a vice-governadora Margarete Coelho (PP) confirmou a viagem do governador. A gestora informou que recebeu um pedido especial para que, na ausência do petista do Palácio de Karnak, ela reforce as medidas para amenizar o sofrimento de regiões afetadas com a seca, com a perfuração de poços nas proximidades de rios e barragens.

Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.