Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner ZapNet – Topo Banner topo – Estado Piauí
Rede Brasil

Mais de duas mil empresas do Piauí fraudaram o Simples Nacional, diz Receita

Considerando os períodos dos pagamentos foram, no total,  39.501 inserções com indícios de fraude no Piauí. 

em 24 de outubro de 2017

Das quase 100 mil empresas que poderão ter o acesso ao Programa do Simples Nacional bloqueado, pelo menos 2.209 são do Piauí, por fraude no sistema. De acordo com a Receita Federal, essas empresas mesmo sem amparo legal assinalaram na transmissão da Declaração Mensal do Simples Nacional (PGDAS-D) os campos de “imunidade”, “isenção/redução-cesta básica” ou ainda “lançamento de ofício” para receber a redução indevida do valor dos tributos a serem pagos.

Considerando os períodos dos pagamentos foram, no total,  39.501 inserções com indícios de fraude no Piauí.

Retificação

As empresas identificadas e que estão na malha da Receita Federal, antes de transmitir a declaração do mês de novembro terá de retificar as declarações anteriores. Além da retificar as informação, terão que gerar e pagar o DAS complementar para se autorregularizar. Com isso, evitará possíveis penalidades futuras como, por exemplo, a exclusão do Regime.

Para facilitar a regularização no sistema, o próprio PGDAS-D apontará as declarações a serem retificadas. Para informações adicionais, acessar o site do Simples Nacional.

PGDAS-D

O PGDAS-D é um aplicativo disponível no Portal do Simples Nacional, sendo utilizado para o contribuinte efetuar o cálculo dos tributos devidos mensalmente na forma do Simples Nacional e imprimir o documento de arrecadação (DAS).

Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.