Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

Mãe de bebê agredido diz na delegacia que foi dopada pelo marido

em 20 de abril de 2018

A família da mãe da criança que teve os lábios arrancados pelo pai decidiu se pronunciar nesta sexta-feira (20). A mãe do bebê acredita que foi dopada pelo marido e por isso não viu o momento da agressão. A avó do bebê que não quis ser identificada informou que a relação do casal era conflituosa desde do inicio, que a mãe do bebê era agredida pelo marido.

A aposentada garante que a filha estava dormindo quando a criança estava sendo agredida e quando acordou para alimentar o bebê percebeu que havia algo de errado com a criança e correu para pedir socorro.

“Se ela não tivesse defendido o filho, teria se escondido ou ficado com ele tentando fazer-lo mamar, ela chegou transtornada, quase louca, sem saber o que fazer, pedido socorro, sem saber o que tinha acontecido.” disse a avó materna, aposentada.

A mãe da criança não consegue entender o porque não acordou com o choro intenso do bebê.

“Ele apagou ela com drogas e bebidas, porque ela não sabe nem o que  fez de almoço durante o dia. Se ela tivesse lúcida teria defendido o filho, ela morreria pelos filhos dela”, disse a avó materna da criança em reportagem exclusiva para o programa Agora da Rede Meio Norte.

Na tentativa de entender o que realmente aconteceu a polícia entrevistou a vizinha que ajudou a socorrer o bebê, a médica do Pronto Socorro, o tio da criança e a mãe por duas vezes.  Já se sabe devido os depoimentos que a relação era difícil e a mulher já tinha sido ameaçada de morte pelo marido.

Segundo a vizinha que foi ouvida e ajudou a socorrer a vítima, ele já havia praticado ameaças e difamado a mulher falando que a criança não era filho dele.

A mulher disse que acredita que tenha sido dopada com entorpecentes. A policia informou que vai ser realizado um exame toxicológico para se saber se realmente a mãe da criança estaria dopada. disse  a Delegada da Mulher, Anamelka Cadena.

Relembre o caso

Um homem identificado como Francisco das Chagas Vieira Batista, de 39 anos, foi preso em flagrante acusado de espancar com requintes de crueldade o filho recém-nascido. O bebê de apenas um mês, teria sido agredido por volta das 04h da manhã de sábado, na rua Cristo Rei, bairro Parque Vitória, na zona Sul de Teresina.

Segundo informações da polícia, Francisco vai responder por tentativa de homicídio contra o bebê e ainda por violência doméstica contra sua companheira e mãe da criança.

 

Fonte: Portal MN

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.