Banner Sisu Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner topo – Governo Piauí Banner topo – Armazém do povo Banner Cachoeiras do Piauí Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

Em 2019, Piauí gerou apenas 14 vagas de emprego por dia

em 20 de dezembro de 2019

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (19) pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), apesar de positivo, o Piauí teve um tímido saldo de empregos na soma geral de janeiro a novembro de 2019. De acordo com o levantamento, o Estado gerou 14,6 postos de trabalho por dia, com total de 4.903 vagas nos meses citados.

Apesar disso, em novembro o Estado conseguiu ter apenas 200 novas vagas, considerando as 7.437 admissões e os 7.237 desligamentos. A atividade que se destacou durante o mês foi o Comércio, que teve 2.270 admissões e 1.623 demissões, gerando um saldo positivo de 647 contratações. Este setor, segundo o Caged, contribuiu significativamente para o resultado do Piauí em novembro.

Em seguida, vem o setor de Serviços com balanço 75 contratações, tendo admitido 2.697 trabalhadores e demitido 2.622. Em contrapartida, a atividade que teve maior índice de demissões no período foi a Agropecuária, com saldo negativo de 213 vagas.

Outros setores como Construção Civil, Atividade Extrativa Mineral, Serviços Industriais de Utilidade Pública e Administração Pública apresentaram desempenho preocupante no último mês, conforme os dados do Ministério do Trabalho e Emprego.

Já em relação aos municípios piauienses, o que mais contratou foi União, com geração de 1.175 novas vagas durante o ano. No entanto, observando-se o desempenho do último mês, o município apresentou balanço negativo de 68 vagas fechadas.

Parnaíba figura em segundo lugar no número de contratações ao longo de 2019 aqui no Piauí, tendo gerado 500 vagas, em novembro foram 52 novas contratações, considerando as 518 admissões e 466 desligamentos.

Já no que respeita à Capital, Teresina apresentou o pior desempenho do ano na geração de empregos formais. Na Capital, 55.872 pessoas foram contratadas e 58.249 demitidas, o que representa um déficit de 2.377 vagas de janeiro a novembro de 2019. No acumulado do ano, 73.972 trabalhadores foram contratados no Piauí e 73.895 foram demitidos.

Fonte: O Dia

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.