Banner topo – Armazém do povo Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner topo – Governo do Estado Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

Santo Antônio de Lisboa| Prefeito Welington Carlos viabiliza Programa de recuperação de áreas degradadas para comunidade Sítio Salvador

em 29 de agosto de 2018

Prefeito Welington Carlos, em 2017, recebendo a visita do Diretor Nacional de Meio Ambiente, Valdemar Rodrigues, e mais 4 técnicos.

O Prefeito do município de Santo Antônio de Lisboa-PI, Wellington Carlos, havia recebido no início de sua gestão, em janeiro de 2017, a presença do Diretor Nacional de Meio Ambiente, Valdemar Rodrigues, e ainda mais 4 técnicos, com o objetivo de tratar da implantação do Programa Unidades de Recuperação de Áreas Degradadas e Redução de Vulnerabilidade Climática (URAD).

Após o período da visita, que foi determinada pelo Ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, o município receberá agora a implantação da URAD, que foi licitada e será realizada na comunidade Sítio Salvador, com valor da obra de R$ 510.020,00. Será revitalizado, fogão a lenha, revitalização de Barreiros  Pedras.

A visita para a implantação do programa, que foi viabilizado pelo Deputado Paes Landim, veio na época com a finalidade de identificar as locais de áreas afetadas pela desertificação no município, como parte da execução da Política Nacional de Combate à Desertificação. Apenas 4 municípios no Brasil receberam o recurso para o Programa da URAD, e Santo Antônio de Lisboa foi um dos escolhidos.

O Prefeito Wellington Carlos relatou que o Programa se faz de enorme importância e será um grande benefício aos moradores da comunidade, pois trata de questões de destaque em meio ambiente por todo mundo, sendo de fundamental necessidade a recuperação e preservação do mesmo para a qualidade de vida da população e a garantia de boas condições ambientais no futuro do local.

Sobre o programa

o Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável e Combate à Desertificação do projeto promove ações de recuperação de áreas degradadas, desenvolvendo e implementando tecnologias de adaptação, reduzindo vulnerabilidades na região semiárida.

O projeto é operacionalizado através da implantação de Unidades de Recuperação de Áreas Degradadas – URAD, inseridas no planejamento municipal e tendo a micro bacia hidrográfica como unidade trabalho.

A partir da URAD são executadas ações ambientais, sociais e produtivas, que são implementadas por meio de seis diferentes atividades: Capacitação e treinamento; Recuperação e Conservação de solo, água e biodiversidade; Captação e armazenamento de água; Saneamento básico; Eficiência energética ;Unidade de Produção.

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.