Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Governo Piauí Banner topo – Armazém do povo Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros
Rede Brasil

Em Alegrete, Secretaria Municipal de Saúde realiza palestra de combate ao Aedes

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Jannaína Alencar, esta foi mais uma das inúmeras ações de combate ao Aedes no município, sendo esta uma das preocupações do prefeito Márcio Alencar para evitar possíveis surtos.

em 31 de janeiro de 2017

(Foto: Francisco Silva)

A Prefeitura Municipal de Alegrete do Piauí, através da Secretaria Municipal de Saúde, que tem a frente a enfermeira Jannaína Alencar, realizou na manhã desta terça-feira (31) mais uma palestra de sobre os cuidados no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue, zika e chikungunya.

(Foto: Francisco Silva)

Ministrada pela Enfermeira do PSF local, Nadjane, a palestra aconteceu no ‘Espaço Cultural’ do município, com a presença dos agentes comunitários de saúde, profissionais da saúde em geral e populares de diversos bairros.

As explanações trouxeram o esclarecimento dos métodos preventivos para que a água, sobretudo neste período de chuvas, não se acumule inapropriadamente, tornando-se um foco para reprodução e desenvolvimento dos mosquitos.

(Foto: Francisco Silva)

Dentre os principais fatores do aparecimento de focos do Aedes, está o descarte inapropriado do lixo doméstico, muitas vezes acumulado em terrenos baldios, o que levou a Prefeitura de Alegrete a realizar grandes limpezas nestes locais, além de trazer a necessidade de mais esclarecimentos sobre o assunto junto a população.

(Foto: Francisco Silva)

Em palestra, a enfermeira Nadjane destacou os tradicionais acúmulos de água em pneus, vasos de plantas, garrafas etc. Mas também os perigosos acúmulos em calhas entupidas por folhas, em tampas de garrafas jogadas fora dos locais corretos e até, por exemplo, em recipientes descartáveis de comida, as ‘quentinhas’, que se descartadas de maneira errada podem também acumular água suficiente para tornar-se um ‘berço’ aos mosquitos.

Além dos fatores preventivos, a palestra também destacou as sutis diferenças de sintomas como febre, dores, manchas corporais e coceiras, características da dengue, zika e chikungunya.

(Foto: Francisco Silva)

Foi reforçado ainda que somente exames laboratoriais podem diagnosticar de fato qual a doença contraída, se fazendo necessária a busca pelo PSF e o atendimento clínico, pela qual o médico passará o tratamento adequado. A enfermeira lembrou os grandes riscos do uso de medicamentos sem recomendações médicas e, nestes casos, os perigosos consumos de ‘AS’ e anti-inflamatórios, podendo ocasionar hemorragias.

O Aedes aegypti também tem provocado surto de febre amarela na região de Minas Gerais e arredores, já tendo ocasionado mais de 40 mortes pela doença no país. Apesar de não ter sido detectado os casos na região próxima ao município de Alegrete do Piauí, os acontecimentos no Sudeste do país reforçam a necessidade de prevenção.

Na oportunidade, foi debatido também o uso de repelente como um grande aliado na prevenção das doenças ocasionadas pelo mosquito, sendo apresentado um vídeo demonstrativo ensinando as pessoas a fazerem repelentes caseiros.

Confira o vídeo:

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Jannaína Alencar, esta foi mais uma das inúmeras ações de combate ao Aedes no município, sendo esta uma das preocupações do prefeito Márcio Alencar para evitar possíveis surtos. Porém, Jannaína lembra ainda a necessidade da população aplicar todo conhecimento repassado para juntos de fato evitar os focos do mosquito e por consequência, a contaminação de alegretenses.

(Foto: Francisco Silva)

Com a ‘hashtag’ #ocombatenãopodeparar, a equipe da saúde local segue com vasto calendário de ações no decorrer dos meses.

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.