Banner Topo -Virtex Telecom Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros
Rede Brasil

Candidato a presidência, Fernando Haddad realiza comício na cidade de Picos

em 21 de outubro de 2018

Foto/ Portal O Povo
Wellington Dias prometeu aumentar a votação de Haddad no Piauí

Nem o atraso de mais de três horas nem o calor escaldante do “B-r-ó-bró” desanimaram os milhares de apoiadores do candidato a presidente da República, Fernando Haddad (PT), que lotaram a Praça Félix Pacheco, no Centro de Picos, para acompanhar um comício, na noite deste sábado (20).

Além do presidenciável, faziam parte da comitiva, que vinha do Estado do Ceará, a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Senadora, Gleisi Hoffmann, o governador do Estado do Piauí, Wellington Dias (PT), o deputado Federal, Marcelo Castro (MDB), a deputada Federal, Rejane Dias (PT), e o deputado Federal, Flávio Nogueira (PDT).

Em Picos eles foram recebidos pelo deputado Federal, Assis Carvalho (PT), os deputados Estaduais, Severo Neto (MDB), Limma (PT), Flora Izabel (PT), secretários Estaduais, o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), e diversos prefeitos, vereadores, lideranças políticas e caravanas de toda a Região.

(Foto/ Portal O Povo/ Senadora, Gleisi Hoffmann, também esteve em Picos)

Em seu discurso o governador, Wellington Dias (PT), frisou que o Piauí foi o Estado que proporcionalmente deu a maior votação para Fernando Haddad e prometeu aumentar a vantagem dos votos do petista neste segundo turno.

“Se dependesse do Piauí você já teria ganhado no primeiro turno e agora nós não estamos querendo lhe dar só os 63% não, nós vamos nos empenhar para dar uma maioria histórica também no segundo turno e isso nós fazemos pelo Brasil”, pontuou Wellington Dias.

Após uma apresentação de crianças e jovens da liga camponesa e de um show pirotécnico foi a vez do candidato, Fernando Haddad, discursar para a multidão que compareceu ao comício.

O petista destacou que quando foi Ministro da Educação conheceu várias cidades piauienses como Picos, Floriano, Bom Jesus, Parnaíba e Teresina, oportunidade que inaugurou vários Institutos Federias de Educação e ampliou as ofertas de cursos nas universidades federais.

(Foto/ Portal O Povo/ Em discurso Haddad lembrou da expansão do ensino superior em sua gestão no MEC)

“Hoje estamos em todas as cidades polo do Piauí com uma Universidade Federal com 50% de vagas no mínimo reservadas para egressos da escola pública”, salientou Haddad, acrescentando que foi em sua gestão a frente do MEC que o Brasil descobriu o município de Cocal dos Alves, que ganhou diversas medalhas de ouro na Olímpiada Brasileira de Matemática.

Ainda em sua fala, o candidato a presidente disse que nesse segundo turno os brasileiros vão ter de escolher entre um projeto de continuidade do “Governo Temer com a aprovação de diversas medidas impopulares e antinacionais e o resgate de um projeto de futuro representado pelo Lula que vai retomar o crescimento no dia 01º de janeiro de 2019, um projeto que deu certo, um projeto que emancipou uma Região inteira e que mudou a vida de mais de 100 milhões de brasileiros”.

Haddad encerrou falando que é mais viável eleger paro cargo máximo do país alguém que durante sete anos a frente do Ministério da Educação realizou várias melhorias na educação brasileira e foi prefeito da maior cidade do pais deixando as contas no azul, do que votar em uma pessoa que ao longo de 28 anos como deputado Federal não aprovou nenhum projeto relevante para a população.

(Foto/ Portal O Povo/ Multidão compareceu ao ato políticoB)

CCOM/Prefeito Welington Carlos

CCOM/Prefeito Welington Carlos

CCOM/Prefeito Welington Carlos

CCOM/Prefeito Welington Carlos

CCOM/Prefeito Welington Carlos

Fonte: Portal O Povo

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.