Banner topo – Armazém do povo Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner Cachoeiras do Piauí Banner topo – Governo Piauí Banner Sisu Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

Alunas da UFPI realizam projeto de combate ao consumo de drogas lícitas e ilícitas entre os jovens na localidade ‘Km 80’ em Campo Grande do Piauí

A área escolhida para o projeto seguiu critérios como pertencer a GRE de Picos e também a identificação de elevado índices de fumantes com utilização inclusive de narguilé (espécie de cachimbo de água de origem oriental).

em 09 de outubro de 2017

Diante do aumento no consumo de drogas lícitas e ilícitas entre adolescentes e jovens, as universitárias Alzeneide Santos, Giseuda Sousa e Giseneuda Leal, da UFPI (Campus de Picos), estudantes do VII período do curso de Licenciatura em Educação do Campo, iniciaram na última sexta-feira (6) um grande projeto sobre drogadição e tabagismo na escola ‘João José Ramos’, na localidade do ‘Km 80’, município de Campo Grande do Piauí. A área escolhida para o projeto seguiu critérios como pertencer a GRE de Picos e também a identificação de elevado índices de fumantes com utilização inclusive de narguilé (espécie de cachimbo de água de origem oriental).

Na presença de grandes professores, como o Dr. Michelli Ferreira, do doutorando Maurício Fernandes, do diretor da Unidade Escolar, Aluísio, do supervisor Gilberto Brito e dos demais que compõe o corpo docente da escola, a enfermeira Luciana ministrou aos alunos uma palestra sobre a prevenção quanto ao uso de drogas.

Na ocasião, os malefícios de algumas drogas também foram expostos, com destaque para o aluno Igor que esclareceu sobre o uso de narguilé, cuja inalação por meia hora equivale à ingestão de algumas substancias tóxicas na medida de 100 a 200 cigarros comuns.

Todo o projeto será um trabalho efetivo e contínuo junto aos que já tiveram contato e aos que não tiveram contato com as drogas, desenvolvendo ações através de: fornecimento de informações os estudantes sobre álcool, tabaco e drogas afins; ensinas os estudantes, as formas de dizer “não” às drogas; ensinar os estudantes a tomar decisões e as consequências de seus comportamentos; e trabalhar a autoestima dos adolescentes e jovens, ensinando-os a resistir às pressões que os envolvem.

Confira as imagens:

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.