Banner topo – Estado Piauí Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner ZapNet – Topo
Rede Brasil

Após aumento de salário,vereadores de oposição pedem suspensão de projeto no ministério publico em PIO IX

Os vereadores de oposição de Pio IX vão pedir ao Ministério Público a suspensão do Projeto de Lei nº 16/2017 de autoria da Prefeita Municipal Regina Coeli Viana de Andrade e Silva, que aumenta subsídios do alto escalão do poder executivo.

em 20 de junho de 2017

 

Os vereadores de oposição de Pio IX vão pedir ao Ministério Público a suspensão do Projeto de Lei nº 16/2017 de autoria da Prefeita Municipal Regina Coeli Viana de Andrade e Silva, que aumenta subsídios do alto escalão do poder executivo. De acordo com a líder de oposição na câmara de Pio IX, Vereadora Eliana Bezerra (PMDB), o PL aprovado por 6 a 5 pelos parlamentares concede um aumento salarial do alto escalão piononense entorno de 40% e onera os cofres públicos em mais de 400 mil reais até o fim da presente legislatura.

“Nas redes sociais diversos populares demonstram grande indignação com a aprovação do projeto, em virtude de que, a alegação para as condições precárias de saúde, saneamento básico, estradas, geração de emprego e renda, atividades esportivas e culturais, entre outros, que o município de Pio IX vivencia, sempre foi justificada pela atual gestora e seus vereadores, secretários e demais membros do alto escalão, alegando a crise econômica vigente. Alegam que o município não tem recursos e, usaram sempre a mesma explicação para não conceder reajuste salarial para servidores municipais que, em muitos casos, já estão há 16 anos sem qualquer reajuste de salário”, explicou a peemedebista.

A bancada oposicionista formada pelos vereadores Eliane Bezerra (PMDB), Matheus Alencar (PSD), Dulcídio Antão (PP), Santinha Sousa (PDT) e Gabriel Noronha (PDT), prometem pedir auxílio do Ministério Público para que o Projeto de Lei aprovado na câmara de vereadores seja considerado inconstitucional e não surta efeitos.

Vereadores de oposição pedem suspensão de aumento de salário da prefeita, vice e comissionados – Foto: Reprodução

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A redação do ÉNotícias procurou o vereador Fanuel Adauto (PHS), um dos líderes da bancada situacionista e este negou que houve aumento salarial concedido a Prefeita, Vice ou mesmo secretariado do alto piononense.

Prefeita Regina, Vice Edimar e bancada situacionista em Pio IX – Foto: Reprdodução

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Não há no projeto aumento nenhum. Não se trata de aumento salarial ou aumento real de valor. O que a Câmara Municipal aprovou foi simplesmente uma autorização para que o executivo possa reajustar o valor de acordo com o índice da inflação, exclusivamente para secretários, pois, estavam com seus salários congelados, ou seja, sem reajuste, desde 2010. O projeto previu o reajuste aos dias atuais, de forma justa, até mesmo pelas responsabilidades que recaem sobre eles. É importante afirmar que a Câmara também reajustou o vencimento dos parlamentares, contando inclusive com uma união de bancadas, em votação unânime. O que está existindo acerca do reajuste é mera politicagem, com discursos maldosos e mentirosos. Os mesmos que denunciam, que se utilizam de falso moralismo, votaram também para os seus próprios reajustes salariais”, declarou o vereador Fanuel Adalto.

Veja o Projeto de Lei Nº 16/2017:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É Noticias

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.