Banner topo – Rede Brasil Aluguel de Carros Banner Topo -Virtex Telecom
Rede Brasil

Georgiano Neto é o Deputado mais votado na história do Piauí

em 09 de outubro de 2018

Com 79.723 votos, Georgiano Neto (PSD) foi o deputado estadual mais votado na história da Assembleia Legislativo do Piauí. Ele- que foi eleito o parlamentar mais jovem do país em 2014, destaca os investimentos no interior do estado em áreas como a Saúde e promete exercer um mandato “com mais força e dedicação”.

“Ontem foi um dia muito importante na minha vida. Com apenas 24 anos de idade, tivemos a oportunidade de nos reelegermos e agora com a maior votação da história que um deputado teve no Piauí, isso fruto de um trabalho de quatro anos. Quem acompanhou nosso mandato sabe da nossa dedicação, do nosso comprometimento com o exercício do mandato, com os municípios, com as lideranças políticas tanto na Capital como no interior do Estado. Buscamos mostrar que é possível fazer um trabalho diferente”, disse o deputado reeleito.

Em entrevista ao Notícia da Manhã, Georgiano Neto agradeceu a Júlio César, seu pai, deputado federal reeleito e presidente regional do PSD.

“Mais de 80 cidades receberam obras de pavimentação, tivemos atenção especial na área da agricultura, conseguimos destinar recursos para distribuir mais de 30 patrulhas mecanizadas, na área da Saúde conseguimos recursos para aquisição de ambulâncias, equipamentos, modernização de hospitais. Tudo isso associado ao trabalho do meu pai que nos lidera, nos orienta nessa caminhada política. Nós conseguimos, graças a Deus, ter esse feito e esse resultado que foi muito importante. Nós só temos a agradecer ao povo do Piauí”, disse Neto.

Questionado sobre uma futura candidatura na Câmara Federal, o jovem parlamentar declarou que se preparou para ser deputado estadual por mais um mandato.

“O futuro a Deus pertence. Sou um político preparado, de partido e quem decide o nosso futuro é Deus, o povo e o partido ao qual estamos filiado”, disse o deputado.

Fonte: Cidade Verde

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados para esta matéria.